Portugal, Mulher

PASSATEMPOS:

-Arte e cultura

-Informatica e Internet

-Viagens

ADMIRO:

-sinceridade

-inteligencia

DETESTO:

-ingratidao

-ignorancia























blog da rosamar
imagens da rosamar
rosamar'space
cantinho da rosamar
recordaçoes da casa amarela
rosa negra
musica é vida
blog da taruca
blog da rosamar 2
casa amarela 2
se essa rua fosse minha
manduka place
freguesia de cesar
rainha da costa verde
banda de musica de espinho
tuna musical de anta
pensamentos e desabafos



presente da Marcinha



presentinho da Vivi



presentinhos da Val





obrigada Val pelo carinho

por favor nao me metam em correntes, eu nao entro. obrigada.

por favor nao me metam em correntes, eu nao entro. obrigada.






...*Cá entre Nós*...






Rua dos Blogs




BettySandley Mountain



Recebendo no sofa azul


"Se para vencer, estiver em jogo a sua honestidade, perca!
Você será sempre um Vencedor!"


ANTIGO CLUBE



sala de votos



sala de visitas



forum






ana clara


paloma





chaîne amitié









CLIQUE
ajude-nos a dar-lhe colo... vai ver que não pesa nada!

cliques desde o dia 1 de Junho de 2001







































Vero Passion
Vote neste site!

Le boudoir d'adelina













































- 01/07/2017 a 31/07/2017
- 01/08/2016 a 31/08/2016
- 01/12/2014 a 31/12/2014
- 01/12/2013 a 31/12/2013
- 01/11/2013 a 30/11/2013
- 01/03/2012 a 31/03/2012
- 01/02/2012 a 29/02/2012
- 01/01/2012 a 31/01/2012
- 01/12/2011 a 31/12/2011
- 01/10/2011 a 31/10/2011
- 01/08/2011 a 31/08/2011
- 01/04/2011 a 30/04/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009
- 01/04/2009 a 30/04/2009
- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009
- 01/01/2009 a 31/01/2009
- 01/12/2008 a 31/12/2008
- 01/11/2008 a 30/11/2008
- 01/10/2008 a 31/10/2008
- 01/09/2008 a 30/09/2008
- 01/08/2008 a 31/08/2008
- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006









...cecilia helena...
...cleide canton...
...clicia pavan...
...ecos da poesia...
...iraima...
...marcelino...
...nancy...
...tere...





...ana clara...
...bernardo...
...kaka...
...kika...
...kika...
...lekka...
...luisa...
...neusa...
...raio...
...rosa kit...
...sandy...
...santos sampaio...
...silvia...




...rosamar's space...
...minhas imagens...
...anaromantica...
...tere...
...lena...
...sei escrever...
...marcelino2...
...marcelino3...
...marcelino...
...radio uol...
...marines...
...radio renascença...
...nandus...
...sandy...
...neide...
...falando com o coracao...
...cidinha feitosa...
...rosa elisa...
...cece-suecia...
...paloma...
...monica...














online












Esta pombinha da paz voa de site em site. Ajude-a a fazer a volta ao mundo, levando-a para o seu blog. Aqui ao meu ela chegou dia 27/08/2006














"Amigo"
..Amigo é aquela pessoa com quem conversamos sem reservas, independente da hora ele sabe oferecer o aconchego do seu coraçao sem pedir nada em troca, e quando ele precisa sabe que pode fazer o mesmo sem objecçao, nao importa o tempo que estejam distante fisicamente, amizade é irma do amor e nao tem cara, tem reciprocidade, afectividade, respeito, carinho, confiança e alegria.
..Amigo é aquela pessoa que nos diz o que acha ser correcto, mesmo nao sendo o que gostariamos de escutar, mas sabe respeitar a decisao do outro sem censuras.
..Amigo avisa-nos do perigo quando nao conseguimos enxergar, sem contrapor nas decisoes tomadas.
Amigo sabe dar e receber o ombro amigo sem pre-requisitos, ele sabe ouvir, tanto quanto escutar... ..Amigo naturalmente se comporta com aceitaçoes mil e ameaças zero.
..Nao existe escola para formaçao de amigos, eles por si ja nascem aptos, por isto nao impomos regras dentro de uma amizade, elas se compatibilizam sem invasoes,unindo os verdadeiros amigos, sem maldades, sem segredos, sem interesses, a felicidade de um, é a felicidade do outro.
..Sem esforço sabemos distinguir nossos amigos hoje te procurei simplesmente para dizer:
..Estou feliz porque gosto muito de ti, meu amigo. és muito importante para mim.




































quadrinhos



































































rosas



















































































































































































moranguinho





























































































sapatinhos



























































































































<







































































PRINCESAS DISNEY



































































































































































































*FIM DO BLOG POR FALTA DE ESPAÇO*





14 Fevereiro

 

O Fim da Linha

Mário Crespo

Terça-feira dia 26 de Janeiro. Dia de Orçamento. O Primeiro-ministro José Sócrates, o Ministro de Estado Pedro Silva Pereira, o Ministro de Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão e um executivo de televisão encontraram-se à hora do almoço no restaurante de um hotel em Lisboa. Fui o epicentro da parte mais colérica de uma conversa claramente ouvida nas mesas em redor. Sem fazerem recato, fui publicamente referenciado como sendo mentalmente débil (“um louco”) a necessitar de (“ir para o manicómio”). Fui descrito como “um profissional impreparado”. Que injustiça. Eu, que dei aulas na Independente. A defunta alma mater de tanto saber em Portugal. Definiram-me como “um problema” que teria que ter “solução”. Houve, no restaurante, quem ficasse incomodado com a conversa e me tivesse feito chegar um registo. É fidedigno. Confirmei-o. Uma das minhas fontes para o aval da legitimidade do episódio comentou (por escrito): “(…) o PM tem qualidades e defeitos, entre os quais se inclui uma certa dificuldade para conviver com o jornalismo livre (…)”. É banal um jornalista cair no desagrado do poder. Há um grau de adversariedade que é essencial para fazer funcionar o sistema de colheita, retrato e análise da informação que circula num Estado. Sem essa dialéctica só há monólogos. Sem esse confronto só há Yes-Men cabeceando em redor de líderes do momento dizendo yes-coisas, seja qual for o absurdo que sejam chamados a validar. Sem contraditório os líderes ficam sem saber quem são, no meio das realidades construídas pelos bajuladores pagos. Isto é mau para qualquer sociedade. Em sociedades saudáveis os contraditórios são tidos em conta. Executivos saudáveis procuram-nos e distanciam-se dos executores acríticos venerandos e obrigados. Nas comunidades insalubres e nas lideranças decadentes os contraditórios são considerados ofensas, ultrajes e produtos de demência. Os críticos passam a ser “um problema” que exige “solução”. Portugal, com José Sócrates, Pedro Silva Pereira, Jorge Lacão e com o executivo de TV que os ouviu sem contraditar, tornou-se numa sociedade insalubre. Em 2010 o Primeiro-ministro já não tem tantos “problemas” nos media como tinha em 2009. O “problema” Manuela Moura Guedes desapareceu. O problema José Eduardo Moniz foi “solucionado”. O Jornal de Sexta da TVI passou a ser um jornal à sexta-feira e deixou de ser “um problema”. Foi-se o “problema” que era o Director do Público. Agora, que o “problema” Marcelo Rebelo de Sousa começou a ser resolvido na RTP, o Primeiro Ministro de Portugal, o Ministro de Estado e o Ministro dos Assuntos Parlamentares que tem a tutela da comunicação social abordam com um experiente executivo de TV, em dia de Orçamento, mais “um problema que tem que ser solucionado”. Eu. Que pervertido sentido de Estado. Que perigosa palhaçada.

Nota: Artigo originalmente redigido para ser publicacado hoje (1/2/2010) na imprensa.

O jornalista Mário Crespo vai abandonar a sua colaboração como colunista no Jornal de Notícias, depois de ter sido informado que a sua coluna semanal de opinião onde revelava conversas hostis de membros do Governo - não ia ser hoje publicada no jornal.

O artigo em causa descreve conversas mantidas entre José Sócrates, o ministro da presidência, Silva Pereira, o ministro dos assuntos parlamentares, Jorge Lacão, e um executivo de media, onde os membros do governo se referiram a Mário Crespo como “mais um problema a resolver”.

Em declarações ao Negócios, o jornalista revela que foi informado à meia-noite de hoje, por José Leite Pereira, director do título, de que o artigo não ia ser publicado.

“Ficou assente a não publicação do artigo e que eu não voltaria a escrever num jornal sob a direcção dele [José Leite Pereira]”, diz Mário Crespo. Até ao momento, não foi possível entrar em contacto com o director do jornal da Controlinveste.

O jornalista adianta ainda que entrou contacto com Zita Seabra, dona da editora Alêtheia, e ficou acordado que no dia 11 deste mês será lançado um livro de crónicas intitulado “A última Crónica”. O livro arranca com o texto que não foi hoje publicado e é constituído ainda por outros artigos escritos por Mário Crespo para o “JN” e para o “Expresso”.

***

O Palhaço

O palhaço compra empresas de alta tecnologia em Puerto Rico por milhões, vende-as em Marrocos por uma caixa de robalos e fica com o troco. E diz que não fez nada. O palhaço compra acções não cotadas e num ano consegue que rendam 147,5 por cento. E acha bem.

O palhaço escuta as conversas dos outros e diz que está a ser escutado. O palhaço é um mentiroso. O palhaço quer sempre maiorias. Absolutas. O palhaço é absoluto. O palhaço é quem nos faz abster. Ou votar em branco. Ou escrever no boletim de voto que não gostamos de palhaços. O palhaço coloca notícias nos jornais. O palhaço torna-nos descrentes. Um palhaço é igual a outro palhaço. E a outro. E são iguais entre si. O palhaço mete medo. Porque está em todo o lado. E ataca sempre que pode. E ataca sempre que o mandam. Sempre às escondidas. Seja a dar pontapés nas costas de agricultores de milho transgénico seja a desviar as atenções para os ruídos de fundo. Seja a instaurar processos. Seja a arquivar processos. Porque o palhaço é só ruído de fundo. Pagam-lhe para ser isso com fundos públicos. E ele vende-se por isso. Por qualquer preço. O palhaço é cobarde. É um cobarde impiedoso. É sempre desalmado quando espuma ofensas ou quando tapa a cara e ataca agricultores. Depois diz que não fez nada. Ou pede desculpa. O palhaço não tem vergonha. O palhaço está em comissões que tiram conclusões. Depois diz que não concluiu. E esconde-se atrás dos outros vociferando insultos. O palhaço porta-se como um labrego no Parlamento, como um boçal nos conselhos de administração e é grosseiro nas entrevistas. O palhaço está nas escolas a ensinar palhaçadas. E nos tribunais. Também. O palhaço não tem género. Por isso, para ele, o género não conta. Tem o género que o mandam ter. Ou que lhe convém. Por isso pode casar com qualquer género. E fingir que tem género. Ou que não o tem. O palhaço faz mal orçamentos. E depois rectifica-os. E diz que não dá dinheiro para desvarios. E depois dá. Porque o mandaram dar. E o palhaço cumpre. E o palhaço nacionaliza bancos e fica com o dinheiro dos depositantes. Mas deixa depositantes na rua. Sem dinheiro. A fazerem figura de palhaços pobres. O palhaço rouba. Dinheiro público. E quando se vê que roubou, quer que se diga que não roubou. Quer que se finja que não se viu nada.

Depois diz que quem viu o insulta. Porque viu o que não devia ver.

O palhaço é ruído de fundo que há-de acabar como todo o mal. Mas antes ainda vai viabilizar orçamentos e centros comerciais em cima de reservas da natureza, ocupar bancos e construir comboios que ninguém quer. Vai destruir estádios que construiu e que afinal ninguém queria. E vai fazer muito barulho com as suas pandeiretas digitais saracoteando-se em palhaçadas por comissões parlamentares, comarcas, ordens, jornais, gabinetes e presidências, conselhos e igrejas, escolas e asilos, roubando e violando porque acha que o pode fazer. Porque acha que é regimental e normal agredir violar e roubar.

E com isto o palhaço tem vindo a crescer e a ocupar espaço e a perder cada vez mais vergonha. O palhaço é inimputável. Porque não lhe tem acontecido nada desde que conseguiu uma passagem administrativa ou aprendeu o inglês dos técnicos e se tornou político. Este é o país do palhaço. Nós é que estamos a mais. E continuaremos a mais enquanto o deixarmos cá estar. A escolha é simples.

Ou nós, ou o palhaço.

(Mario Crespo)

 

 

 



- Postado por: rosamar as 22h39
[ ] [ envie esta mensagem ]













..... FEITO COM MUITO CARINHO! .....




CANTINHO DA ADOPCAO



PODE BRINCAR COM A MINHA GATINHA













































Letras de Musicas










Se alguem faz alguma coisa que lhe parece injusta e inaceitavel, lembre-se de que isso se deveu às inumeras causas e condiçoes independentes da vontade dele. Se as emoçoes nao o aprisionassem, ele teria optado por criar só a felicidade. (Dalai Lama)

Por que vai aborrecer-se pelo que disseram de voce!? Vamos, levante sua cabeça e siga em frente! Caminhe seguro, porque aqueles que falam de voce vao ficar parados atras sem progredir. E quando eles perceberem, voce ja progrediu tanto que eles o perderam de vista...

É necessario conhecer a emoçao para viver a razao. Saber ouvir é arte de quem seleciona o que falar. Calar para ouvir é aprender quando, como e o que falar.

A franqueza nao consiste em dizer tudo o que se pensa, mas em pensar em tudo o que se diz.

Deus nao nos fez para sermos roidos pela ansiedade, mas para andarmos erectos, livres e sem medo num mundo que existe trabalho a executar, verdade a procurar e amor para dar e conquistar.

A felicidade verdadeira é barata, mas nós pagamos caro por sua imitaçao.

Nao permaneça preso ao passado nem a recordaçoes tristes. Nao remexa uma ferida que está cicatrizada. O que passou, passou! Deste momento em diante, procure construir uma vida nova, na direcçao do alto, caminhando para frente, sem olhar para tras.

É muito importante que o homem tenha ideais. Sem eles, nao se vai a parte alguma. No entanto, é irrelevante alcança-los ou nao so apenas necessario mante-los vivos e procurar atingi-los.

Quando verdadeiramente nos comprometemos com uma decisao todo o universo conspira para que aquilo dê certo. O momento é de agir, e nao de aguardar. Pare de pensar e aguardar: simplesmente faça!



MAE WEST

"When I'm good, I'm very good; but when I'm bad, I'm better."
("Quando sou boa, sou muito boa; mas quando sou má eu sou muito melhor.")

"Nunca pergunte a um homem por onde ele andava. Se nao estava fazendo nada de errado, nao precisa de alibi. E se estava, a culpa é sua, minha filha."

"Os diamantes saos melhores amigos de uma mulher. O cachorro é melhor amigo do homem."

GABRIELLE "COCO" CHANEL

"Uma mulher que nao usa perfume nao tem futuro."

"Ha pessoas que têem dinheiro e ha pessoas que sao ricas."

"Aos 20, voce tem o rosto que a natureza lhe deu; aos 50, voce terá o rosto que merecer."

"Sou contra uma moda que nao dure. É o meu lado masculino. Nao consigo imaginar que se jogue uma roupa fora so porque é Primavera."

"Luxo nao é o contrario de pobreza, mas de vulgaridade."

"Uma mulher tem a idade que merece."