Portugal, Mulher

PASSATEMPOS:

-Arte e cultura

-Informatica e Internet

-Viagens

ADMIRO:

-sinceridade

-inteligencia

DETESTO:

-ingratidao

-ignorancia























blog da rosamar
imagens da rosamar
rosamar'space
cantinho da rosamar
recordaçoes da casa amarela
rosa negra
musica é vida
blog da taruca
blog da rosamar 2
casa amarela 2
se essa rua fosse minha
manduka place
freguesia de cesar
rainha da costa verde
banda de musica de espinho
tuna musical de anta
pensamentos e desabafos



presente da Marcinha



presentinho da Vivi



presentinhos da Val





obrigada Val pelo carinho

por favor nao me metam em correntes, eu nao entro. obrigada.

por favor nao me metam em correntes, eu nao entro. obrigada.






...*Cá entre Nós*...






Rua dos Blogs




BettySandley Mountain



Recebendo no sofa azul


"Se para vencer, estiver em jogo a sua honestidade, perca!
Você será sempre um Vencedor!"


ANTIGO CLUBE



sala de votos



sala de visitas



forum






ana clara


paloma





chaîne amitié









CLIQUE
ajude-nos a dar-lhe colo... vai ver que não pesa nada!

cliques desde o dia 1 de Junho de 2001







































Vero Passion
Vote neste site!

Le boudoir d'adelina













































- 01/07/2017 a 31/07/2017
- 01/08/2016 a 31/08/2016
- 01/12/2014 a 31/12/2014
- 01/12/2013 a 31/12/2013
- 01/11/2013 a 30/11/2013
- 01/03/2012 a 31/03/2012
- 01/02/2012 a 29/02/2012
- 01/01/2012 a 31/01/2012
- 01/12/2011 a 31/12/2011
- 01/10/2011 a 31/10/2011
- 01/08/2011 a 31/08/2011
- 01/04/2011 a 30/04/2011
- 01/12/2010 a 31/12/2010
- 01/10/2010 a 31/10/2010
- 01/07/2010 a 31/07/2010
- 01/05/2010 a 31/05/2010
- 01/04/2010 a 30/04/2010
- 01/03/2010 a 31/03/2010
- 01/02/2010 a 28/02/2010
- 01/01/2010 a 31/01/2010
- 01/10/2009 a 31/10/2009
- 01/09/2009 a 30/09/2009
- 01/08/2009 a 31/08/2009
- 01/07/2009 a 31/07/2009
- 01/06/2009 a 30/06/2009
- 01/04/2009 a 30/04/2009
- 01/03/2009 a 31/03/2009
- 01/02/2009 a 28/02/2009
- 01/01/2009 a 31/01/2009
- 01/12/2008 a 31/12/2008
- 01/11/2008 a 30/11/2008
- 01/10/2008 a 31/10/2008
- 01/09/2008 a 30/09/2008
- 01/08/2008 a 31/08/2008
- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006









...cecilia helena...
...cleide canton...
...clicia pavan...
...ecos da poesia...
...iraima...
...marcelino...
...nancy...
...tere...





...ana clara...
...bernardo...
...kaka...
...kika...
...kika...
...lekka...
...luisa...
...neusa...
...raio...
...rosa kit...
...sandy...
...santos sampaio...
...silvia...




...rosamar's space...
...minhas imagens...
...anaromantica...
...tere...
...lena...
...sei escrever...
...marcelino2...
...marcelino3...
...marcelino...
...radio uol...
...marines...
...radio renascença...
...nandus...
...sandy...
...neide...
...falando com o coracao...
...cidinha feitosa...
...rosa elisa...
...cece-suecia...
...paloma...
...monica...














online












Esta pombinha da paz voa de site em site. Ajude-a a fazer a volta ao mundo, levando-a para o seu blog. Aqui ao meu ela chegou dia 27/08/2006














"Amigo"
..Amigo é aquela pessoa com quem conversamos sem reservas, independente da hora ele sabe oferecer o aconchego do seu coraçao sem pedir nada em troca, e quando ele precisa sabe que pode fazer o mesmo sem objecçao, nao importa o tempo que estejam distante fisicamente, amizade é irma do amor e nao tem cara, tem reciprocidade, afectividade, respeito, carinho, confiança e alegria.
..Amigo é aquela pessoa que nos diz o que acha ser correcto, mesmo nao sendo o que gostariamos de escutar, mas sabe respeitar a decisao do outro sem censuras.
..Amigo avisa-nos do perigo quando nao conseguimos enxergar, sem contrapor nas decisoes tomadas.
Amigo sabe dar e receber o ombro amigo sem pre-requisitos, ele sabe ouvir, tanto quanto escutar... ..Amigo naturalmente se comporta com aceitaçoes mil e ameaças zero.
..Nao existe escola para formaçao de amigos, eles por si ja nascem aptos, por isto nao impomos regras dentro de uma amizade, elas se compatibilizam sem invasoes,unindo os verdadeiros amigos, sem maldades, sem segredos, sem interesses, a felicidade de um, é a felicidade do outro.
..Sem esforço sabemos distinguir nossos amigos hoje te procurei simplesmente para dizer:
..Estou feliz porque gosto muito de ti, meu amigo. és muito importante para mim.




































quadrinhos



































































rosas



















































































































































































moranguinho





























































































sapatinhos



























































































































<







































































PRINCESAS DISNEY



































































































































































































*FIM DO BLOG POR FALTA DE ESPAÇO*






NO DIA 1 DE MAIO DE 1974 VIVI O 1º DE MAIO EM LIBERDADE PELA PRIMEIRA VEZ

Estou crente que a maioria dos Portugueses vai aproveitar este grande dia 1 de Maio, para denunciarem as condições que se estão a degradar nas suas vidas profissionais.

Se fizermos um apelo á nossa memória e lermos a história de vários acontecimentos, verificamos com honestidade intelectual que tudo teve uma origem, no celebre País da antidemocracia - U.S.A. .

Em 1886 nas ruas de chicago começou a grande luta dos trabalhadores, que mais não pediam que o seu trabalho passasse a ter oito horas diárias, foi aí que os trabalhadores numa tomada de posição fizeram uma greve geral no referido País.

Tem sido nestas tomadas de posição que os trabalhadores explorados, têm conseguido sem qualquer cor política como hoje querem dizer uma situação mais humanista, muito embora, por conveniência do empresariado no País já referido este dia - o Labor Day - seja lembrado na primeira segunda feira do mês de Setembro, na Austrália em 4 de Março, etc.

Até que em 1889, num congresso realizado em França foi criado o 1º DE MAIO  como o DIA MUNDIAL DO TRABALHO.

Assim queridos amigos, tem sido a luta dos trabalhadores.

Neste País de ABRIL, se vos fizesse o historial do 1º de MAIO DE 1974, muitas lágrimas corriam pelas vossas faces, recordando a SOLIDARIEDADE, UNIÃO e ESPERANÇA que tivemos num PAÍS que acabava de adquirir a LIBERDADE.

Quando penso e vejo que a luta de hoje, é a defesa do emprego, verifico que além de ser um dia de luta é também um dia de LUTO.

Mas estão enganados todos aqueles que pensam que nos desmotivarão a lutar por DIGNIDADE no local de trabalho, por LIBERDADE e por um PAÍS que não mais queremos de opressores mas sim de um 25 de ABRIL, SEMPRE.

 

Um abraço de SOLIDARIEDADE,

VIVA O DIA DO TRABALHADOR,

VIVA A LIBERDADE.



presentinhos do dia 1 de maio





















obrigada a todas


- Postado por: rosamar as 00h05
[ ] [ envie esta mensagem ]



25 ABRIL 1974-25 ABRIL 2008

HAJA MEMÓRIA


1931

O estudante Branco é morto pela PSP, durante uma manifestação no Porto;

1932

Armando Ramos, jovem, é morto em consequência de espancamentos; Aurélio Dias, fragateiro, é morto após 30 dias de tortura; Alfredo Ruas, é assassinado a tiro durante uma manifestação em Lisboa;

1934, 18 de Janeiro

Américo Gomes, operário, morre em Peniche após dois meses de tortura; Manuel Vieira Tomé, sindicalista ferroviário morre durante a tortura em consequência da repressão da greve; Júlio Pinto, operário vidreiro, morto à pancada; a PSP mata um operário conserveiro durante a repressão de uma greve em Setúbal;

1935

Ferreira de Abreu, dirigente da organização juvenil do PCP, morre no hospital após ter sido espancado na sede da PIDE (então PVDE);

1936

Francisco Cruz, operário da Marinha Grande, morre na Fortaleza de Angra do Heroísmo, vítima de maus tratos, é deportado do 18 de Janeiro de 1934; Manuel Pestana Garcez, trabalhador, é morto durante a tortura;

1937

Ernesto Faustino, operário; José Lopes, operário anarquista, morre durante a tortura, sendo um dos presos da onda de repressão que se seguiu ao atentado a Salazar; Manuel Salgueiro Valente, tenente-coronel, morre em condições suspeitas no forte de Caxias; Augusto Costa, operário da Marinha Grande, Rafael Tobias Pinto da Silva, de Lisboa, Francisco Domingues Quintas, de Gaia, Francisco Manuel Pereira, marinheiro de Lisboa, Pedro Matos Filipe, de Almada e Cândido Alves Barja, marinheiro, de Castro Verde, morrem no espaço de quatro dias no Tarrafal, vítimas das febres e dos maus tratos; Augusto Almeida Martins, operário, é assassinado na sede da PIDE (PVDE) durante a tortura ; Abílio Augusto Belchior, operário do Porto, morre no Tarrafal, vítima das febres e dos maus tratos;

1938

António Mano Fernandes, estudante de Coimbra, morre no Forte de Peniche, por lhe ter sido recusada assistência médica, sofria de doença cardíaca; Rui Ricardo da Silva, operário do Arsenal, morre no Aljube, devido a tuberculose contraída em consequência de espancamento perpetrado por seis agentes da Pide durante oito horas; Arnaldo Simões Januário, dirigente anarco-sindicalista, morre no campo do Tarrafal, vítima de maus tratos; Francisco Esteves, operário torneiro de Lisboa, morre na tortura na sede da PIDE; Alfredo Caldeira, pintor, dirigente do PCP, morre no Tarrafal após lenta agonia sem assistência médica;

1939

Fernando Alcobia, morre no Tarrafal, vítima de doença e de maus tratos;

1940

Jaime Fonseca de Sousa, morre no Tarrafal, vítima de maus tratos; Albino Coelho, morre também no Tarrafal; Mário Castelhano, dirigente anarco-sindicalista, morre sem assistência médica no Tarrafal;

1941

Jacinto Faria Vilaça, Casimiro Ferreira; Albino de Carvalho; António Guedes Oliveira e Silva; Ernesto José Ribeiro, operário, e José Lopes Dinis morrem no Tarrafal;

1942

Henrique Domingues Fernandes morre no Tarrafal; Carlos Ferreira Soares, médico, é assassinado no seu consultório com rajadas de metralhadora, os agentes assassinos alegam legítima defesa (?!); Bento António Gonçalves, secretário-geral do PCP, morre no Tarrafal; Damásio Martins Pereira, fragateiro, morre no Tarrafal; Fernando Óscar Gaspar, morre tuberculoso no regresso da deportação; António de Jesus Branco morre no Tarrafal;

1943

Rosa Morgado, camponesa do Ameal (Águeda), e os seus filhos, António, Júlio e Constantina, são mortos a tiro pela GNR; Paulo José Dias morre tuberculoso no Tarrafal; Joaquim Montes morre no Tarrafal com febre biliosa; José Manuel Alves dos Reis morre no Tarrafal; Américo Lourenço Nunes, operário, morre em consequência de espancamento perpetrado durante a repressão da greve de Agosto na região de Lisboa; Francisco do Nascimento Gomes, do Porto, morre no Tarrafal; Francisco dos Reis Gomes, operário da Carris do Porto, é morto durante a tortura;

1944

General José Garcia Godinho morre no Forte da Trafaria, por lhe ser recusado internamento hospitalar; Francisco Ferreira Marques, de Lisboa, militante do PCP, em consequência de espancamento e após mês e meio de incomunicabilidade; Edmundo Gonçalves morre tuberculoso no Tarrafal; assassinados a tiro de metralhadora uma mulher e uma criança, durante a repressão da GNR sobre os camponeses rendeiros da herdade da Goucha (Benavente), mais 40 camponeses são feridos a tiro;

1945

Manuel Augusto da Costa morre no Tarrafal; Germano Vidigal, operário, assassinado com esmagamento dos testículos, depois de três dias de tortura no posto da GNR de Montemor-o-Novo; Alfredo Dinis (Alex), operário e dirigente do PCP, é assassinado a tiro na estrada de Bucelas; José António Companheiro, operário, de Borba, morre de tuberculose em consequência dos maus tratos na prisão;

1946

Manuel Simões Júnior, operário corticeiro, morre de tuberculose após doze anos de prisão e de deportação; Joaquim Correia, operário litógrafo do Porto, é morto por espancamento após quinze meses de prisão;

1947

José Patuleia, assalariado rural de Vila Viçosa, morre durante a tortura na sede da PIDE;

1948

António Lopes de Almeida, operário da Marinha Grande, é morto durante a tortura; Artur de Oliveira morre no Tarrafal; Joaquim Marreiros, marinheiro da Armada, morre no Tarrafal após doze anos de deportação; António Guerra, operário da Marinha Grande, preso desde 18 de Janeiro de 1934, morre quase cego e após doença prolongada;

1950

Militão Bessa Ribeiro, operário e dirigente do PCP, morre na Penitenciária de Lisboa, durante uma greve de fome e após nove meses de incomunicabilidade; José Moreira, operário, assassinado na tortura na sede da PIDE, dois dias após a prisão, o corpo é lançado por uma janela do quarto andar para simular suicídio; Venceslau Ferreira morre em Lisboa após tortura; Alfredo Dias Lima, assalariado rural, é assassinado a tiro pela GNR durante uma manifestação em Alpiarça;

1951

Gervásio da Costa, operário de Fafe, morre vítima de maus tratos na p risão;

1954

Catarina Eufémia, assalariada rural, assassinada a tiro em Baleizão, durante uma greve, grávida e com uma filha nos braços;

1957

Joaquim Lemos Oliveira, barbeiro de Fafe, morre na sede da PIDE no Porto após quinze dias de tortura; Manuel da Silva Júnior, de Viana do Castelo, é morto durante a tortura na sede da PIDE no Porto, sendo o corpo, irreconhecível, enterrado às escondidas num cemitério do Porto; José Centeio, assalariado rural de Alpiarça, é assassinado pela PIDE;

1958

José Adelino dos Santos, assalariado rural, é assassinado a tiro pela GNR, durante uma manifestação em Montemor-o-Novo, vários outros trabalhadores são feridos a tiro; Raul Alves, operário da Póvoa de Santa Iria, após quinze dias de tortura, é lançado por uma janela do quarto andar da sede da PIDE, à sua morte assiste a esposa do embaixador do Brasil;

1961

Cândido Martins Capilé, operário corticeiro, é assassinado a tiro pela GNR durante uma manifestação em Almada; José Dias Coelho, escultor e militante do PCP, é assassinado à queima-roupa numa rua de Lisboa;

1962

António Graciano Adângio e Francisco Madeira, mineiros em Aljustrel, são assassinados a tiro pela GNR; Estêvão Giro, operário de Alcochete, é assassinado a tiro pela PSP durante a manifestação do 1º de Maio em Lisboa;

1963

Agostinho Fineza, operário tipógrafo do Funchal, é assassinado pela PSP, sob a indicação da PIDE, durante uma manifestação em Lisboa;

1964

Francisco Brito, desertor da guerra colonial, é assassinado em Loulé pela GNR; David Almeida Reis, trabalhador, é assassinado por agentes da PIDE durante uma manifestação em Lisboa;

1965

General Humberto Delgado e a sua secretária, Arajaryr Campos, são assassinados a tiro em Vila Nueva del Fresno (Espanha), os assassinos são o inspector da PIDE Rosa Casaco, o subinspector Agostinho Tienza e o agente Casimiro Monteiro;

1967

Manuel Agostinho Góis, trabalhador agrícola de Cuba, morre vítima de tortura na PIDE;

1968

Luís António Firmino, trabalhador de Montemor, morre em Caxias, vítima de maus tratos; Herculano Augusto, trabalhador rural, é morto à pancada no posto da PSP de Lamego por condenar publicamente a guerra colonial; Daniel Teixeira, estudante, morre no Forte de Caxias, em situação de incomunicabilidade, depois de agonizar durante uma noite sem assistência;

1969

Eduardo Mondlane, dirigente da Frelimo, é assassinado através de um atentado organizado pela PIDE;

1972

José António Leitão Ribeiro Santos, estudante de Direito em Lisboa e militante do MRPP, é assassinado a tiro durante uma reunião de apoio à luta do povo vietnamita e contra a repressão, o seu assassino, o agente da PIDE Coelha da Rocha, viria a escapar-se na "fuga-libertação" de Alcoentre, em Junho de 1975;

1973

Amílcar Cabral, dirigente da luta de libertação da Guiné e Cabo Verde, é assassinado por um bando mercenário a soldo da PIDE, chefiado por Alpoim Galvão;

1974, 25 de Abril

Fernando Carvalho Gesteira, de Montalegre, José James Barneto, de Vendas Novas, Fernando Barreiros dos Reis, soldado de Lisboa, e José Guilherme Rego Arruda, estudante dos Açores, são assassinados a tiro pelos pides acoitados na sua sede na Rua António Maria Cardoso, são ainda feridas duas dezenas de pessoas.

A PIDE acaba como começou, assassinando. Aqui não ficam contabilizadas as i númeras vítimas anónimas da PIDE, GNR e PSP em outros locais de repressão.

Mais ainda

Podemos referir, duas centenas de homens, mulheres e crianças massacradas a tiro de canhão durante o bombardeamento da cidade do Porto, ordenada pelo coronel Passos e Sousa, na repressão da revolta de 3 de Fevereiro de 1927. Dezenas de mortos na repressão da revolta de 7 de Fevereiro de 1927 em Lisboa, vários deles assassinados por um pelotão de fuzilamento, à ordens do capitão Jorge Botelho Moniz, no Jardim Zoológico.

Dezenas de mortos na repressão da revolta da Madeira, em Abril de 1931, ou outras tantas dezenas na repressão da revolta de 26 de Agosto de 1931.

Um número indeterminado de mortos na deportação na Guiné, Timor, Angra e no Cunene.

Um número indeterminado de mortos devido à intervenção da força fascista dos "Viriatos" na guerra civil de Espanha e a entrega de fugitivos aos pelotões de fuzilamento franquistas.

Dezenas de mortos em São Tomé, na repressão ordenada pelo governador Carlos Gorgulho sobre os trabalhadores que recusaram o trabalho forçado, em Fevereiro de 1953.

Muitos milhares de mortos durante as guerras coloniais, vítimas do Exército, da PIDE, da OPVDC.

(Elementos recolhidos na CRÓNICA DO AUDIO VISUAL)



- Postado por: rosamar as 01h04
[ ] [ envie esta mensagem ]













..... FEITO COM MUITO CARINHO! .....




CANTINHO DA ADOPCAO



PODE BRINCAR COM A MINHA GATINHA













































Letras de Musicas










Se alguem faz alguma coisa que lhe parece injusta e inaceitavel, lembre-se de que isso se deveu às inumeras causas e condiçoes independentes da vontade dele. Se as emoçoes nao o aprisionassem, ele teria optado por criar só a felicidade. (Dalai Lama)

Por que vai aborrecer-se pelo que disseram de voce!? Vamos, levante sua cabeça e siga em frente! Caminhe seguro, porque aqueles que falam de voce vao ficar parados atras sem progredir. E quando eles perceberem, voce ja progrediu tanto que eles o perderam de vista...

É necessario conhecer a emoçao para viver a razao. Saber ouvir é arte de quem seleciona o que falar. Calar para ouvir é aprender quando, como e o que falar.

A franqueza nao consiste em dizer tudo o que se pensa, mas em pensar em tudo o que se diz.

Deus nao nos fez para sermos roidos pela ansiedade, mas para andarmos erectos, livres e sem medo num mundo que existe trabalho a executar, verdade a procurar e amor para dar e conquistar.

A felicidade verdadeira é barata, mas nós pagamos caro por sua imitaçao.

Nao permaneça preso ao passado nem a recordaçoes tristes. Nao remexa uma ferida que está cicatrizada. O que passou, passou! Deste momento em diante, procure construir uma vida nova, na direcçao do alto, caminhando para frente, sem olhar para tras.

É muito importante que o homem tenha ideais. Sem eles, nao se vai a parte alguma. No entanto, é irrelevante alcança-los ou nao so apenas necessario mante-los vivos e procurar atingi-los.

Quando verdadeiramente nos comprometemos com uma decisao todo o universo conspira para que aquilo dê certo. O momento é de agir, e nao de aguardar. Pare de pensar e aguardar: simplesmente faça!



MAE WEST

"When I'm good, I'm very good; but when I'm bad, I'm better."
("Quando sou boa, sou muito boa; mas quando sou má eu sou muito melhor.")

"Nunca pergunte a um homem por onde ele andava. Se nao estava fazendo nada de errado, nao precisa de alibi. E se estava, a culpa é sua, minha filha."

"Os diamantes saos melhores amigos de uma mulher. O cachorro é melhor amigo do homem."

GABRIELLE "COCO" CHANEL

"Uma mulher que nao usa perfume nao tem futuro."

"Ha pessoas que têem dinheiro e ha pessoas que sao ricas."

"Aos 20, voce tem o rosto que a natureza lhe deu; aos 50, voce terá o rosto que merecer."

"Sou contra uma moda que nao dure. É o meu lado masculino. Nao consigo imaginar que se jogue uma roupa fora so porque é Primavera."

"Luxo nao é o contrario de pobreza, mas de vulgaridade."

"Uma mulher tem a idade que merece."